Resenha: Os Três Mosqueteiros

junho 29, 2016


Olá pessoal!!! Hoje venho com a resenha dessa história que acredito que muitas pessoas já conhecem que é Os Três Mosqueteiros. Eu nunca tinha lido o livro, mais já assisti várias adaptações no cinema, mas a leitura me surpreendeu, pois trás em detalhes a história de cada mosqueteiro.

ISBN: 978-85-7971-412-2
Título: Os Três Mosqueteiros
Autor: Alexandre Dumas
Editora: Abril (Coleção O Prazer da Leitura v. 4)
Ano: 2012
Quantidade de Páginas: 256
Onde Comprar: Saraiva  / Submarino 

Classificação: 4/5

Sinopse: A história de passa na França de 1620, no reinado de Luís XIII, com o Cardeal Richelieu como sua Eminência parda. Os mosqueteiros do rei, Athos, Porthos, Aramis e nosso herói D´Artagnan se digladiam com os inimigos da Coroa e da vida: Milady, linda, atraente e mortal; o Cardeal e seus guardas e o excesso de vinho. Com destreza e coragem, manejando suas espadas, os mosqueteiros encantam e namoram as mulheres que encontra ao longo de sua jornada. Duma combina história e imaginação, escrevendo um romance no qual a hostilidade desafia a coragem, e o bem vence! 

A história começa com D' Artagnam deixando sua família para ser mosqueteiro como o pai, chegando na cidade ele já começa criando uma uma briga com três homens e convocam para um duelo e descobre que os três são amigos, antes do duelo começar os guardas do Cardeal interrompe, pois o duelo é proibido pelo Cardeal e os quatros acabam duelando com os guardas. No final acabando se tornando amigos. A vida de mosqueteiro é de proteger e servir ao rei, mais nas horas vagas a diversão deles é beber um bom vinho e criar confusões.


Ilustração da primeira missão do D' Artagnam e os mosqueteiros que é para ir atrás das agulhetas de brilhantes da rainha Ana de Áustria que ela tinha entregue como lembrança ao duque Buckingham, o Cardeal soube do que a rainha tinha feito e propôs ao rei em realizar uma festa e que a rainha teria que usar as agulhetas que, ele tinha lhe dado de presente. Para não declarar guerra, pois o rei iria ver como traição ela pediu aos mosqueteiros resgatasse o seu colar. 


Momento em que os três mosqueteiros e D' Artagham duelam com o Lord de Winter, Barão de Sheffield e seus amigos, por ele ter chamado D' Artagham de pateta.


Esse é o momento em que o Cardeal nomeia o jovem D' Artagham para Tenente dos mosqueteiros.

Conhecendo a edição


O livro é de capa dura e é ilustrado a diagramação é simples por causa das ilustrações e as letras são médias, nem grandes e nem pequenas. No final do livro tem algumas pesquisas da época fala das moedas, espadas, navios, etc. 


" Um por todos e todos por um"

É isso pessoal, espero que tenha gostado de conhecer um pouco mais desses mosqueteiros. Quem já leu o livro, pretende ler ou gostou, deixem comentários.

Você Pode Gosta Também

1 comentários. Clique aqui

Deixe seu comentário e retribuirei com muito prazer.

Pan Page!

Descontos

Link-Me


@livrosmundofantastico