{RESENHA} Só mais um Espetáculo

abril 20, 2017

Olá pessoal!!! A resenha de hoje é do livro Só mais um Espetáculo da autora Beatriz Gandolfi.

       ISBN: 978-989-51-1553-2
       Livro: Só mais um Espetáculo
       Autora: Beatriz Gandolfi
       Editora: Chiado
       Ano: 2014
       Quantidade de Páginas: 286
        Livro cedido em parceria com a editora

        Skoob / Onde Comprar: Cultura

                               
Sinopse: Connie Mereditch vive uma vida normal, estuda em um típico colégio americano e tem uma ou duas pessoas que pode chamar de 'amigos'. Mora com sua mãe, seus avós, sua irmã mais nova, por parte de mãe, e sua tia; mas nunca teve um pai. Quando se conforma com tal coisa, tudo dá um giro de 360º em sua vida e ela deverá aprender que nem tudo é como planejamos e imaginamos, mas que quando a nossa rotina é abalada, os resultados podem ser melhores do que acreditamos poderem ser.


"Se me arrependesse, ao menos haveria tentado."

A história começa com um arrependimento de Tyler e a coragem para enfrentar e ser perdoado por um erro do passado.

Conhecemos Connie uma jovem de 16 anos que vive com sua mãe, avós, irmã e a tia, faz aulas de balé na escola, mora em RoseVille no norte dos Estados Unidos e nunca conheceu seu pai. Tem como melhor amiga Eleanour.

Em um dia normal, Connie recebe um convite da professora de balé para participar do espetáculo de fim do ano da escola e ela seria uma personagem principal na apresentação. Tudo está indo bem na vida de Connie até que um dia, quando chega em casa ela vê um homem estranho no sofá e fica apavorada, mas logo descobre que é seu pai.


Quando ainda era bebê Tyler abandonou sua esposa e filha e foi viver em outra cidade, Connie nunca quis saber do seu pai e nem o motivo por ele ter abandonado ela e sua mãe. Mais depois de 16 anos ele aparece na sua casa dizendo ser seu pai e pedido perdão pelo seu erro. Mais será que Connie vai perdoa-ló e o que ela vai aprender com isso?


O livro tem uma capa que me chamou atenção as letras são boas para leitura e em cada capítulo tem uma imagem de uma sapatilha de ponta.

Ele é narrativo e as falas são em aspas o que deixou a leitura um pouco cansativa, gostaria que abordasse mais sobre o balé pois foi pouco explorado.
"Connie sentia que havia mudado muito desde que tudo começara, mas às vezes, mudanças são coisas que acontecem por um bom motivo. Mudanças são coisas que ocorrem para fazer com que você fique forte para suportar situações que virão ocorrer, toda mudança traz consigo algo especial, que sempre será lembrado."


Você Pode Gosta Também

9 comentários. Clique aqui

  1. Oi Camila! Tb não sou muito fã de falas com aspas e te fato a capa é bem chamativa, que pena que o livro não abordou o ballet, pela capa eu esperava fosse explorar mais o assunto.

    Bjs, Mi


    O que tem na nossa estante
    Sorteio A guerra que salvou a minha vida

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, esse foi o primeiro livro que li em aspas e me incomodou bastante. A capa é linda mais uma pena que não abordou o balé.

      Excluir
  2. Oi Cami!
    A capa é linda, amei as sapatilhas, e quando vi, achei que abordasse mais o tema de balé, mas pela sua crítica vi que não kkkkkkk. Achei a situação bem tensa, mas não consegui entender qual o ápice do livro, se a apresentação ou o pai.

    Beijokas

    https://paraisodasideas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, pela capa poderia ter abordado mais o balé mas o enredo é com base no conflito familiar.

      Excluir
  3. Oie Camila, tudo bom?
    Menina, eu fiquei apaixonada pela capa, já o enredo não me despertou tanto interesse, principalmente pelo lance do balé não ser tão abordado, what? me bateu aquele decepção pré capa hahahhaha'

    Beijos,
    Paixão Literária

    ResponderExcluir
  4. Oi Camila, tudo bem?
    Que pena que o balé serviu mais como pano de fundo e foi pouco explorado.
    A trama parece ser dramática, focando na relação pai e filha.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá tudo certo, realmente o balé foi pouco explorado. Mas teve a parte do drama que achei bem interessante.

      Excluir
  5. Oi, Camila. Acho muito interessante livros que abordam essa relação de pai ausente com a filha. Geralmente sinto muita raiva mas é sempre bom ver o lado de cada um, certo? Pela capa ser tão bonita e mostrar sapatilhas, achei que o assunto balé seria mais abordado, é uma pena.
    Beijo! Blog Leitora Encantada

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário e retribuirei com muito prazer.

Pan Page!

Descontos

Link-Me


@livrosmundofantastico